Coligação Maçônica do ABCDMRR

Últimas Notícias e Artigos da Coligação:

ARLS Luz do Oriente

História da ARLS Luz do Oriente
POR MARCO ANTONIO SELLANI - DA FUNDAÇÃO (O INÍCIO DE TUDO)

No início do ano de 1977, alguns Mestres Maçons, reuniram-se no escritório de nosso Irmão João Caparroz Ruiz, localizado na Rua Manoel Coelho, n° 500, para fundar, em São Caetano do Sul, mais uma Loja Maçônica, pois, com o crescente aumento da população, isso já se fazia necessário.

Propuseram-se a ajudá-lo na empreitada os seguintes Irmãos:

Antônio Caparroz Guevara
Cláudio Musumeci
Dalmo Campoi
Mário Del Rey
Naur Ferraz de Mattos
Oscar Ferreira de Paiva Filho
René Crepaldi
Thomaz Idineu Galera

Para que a idéia fosse melhor amadurecida, outros encontros foram realizados na Secretaria do Rotary Club, situado, naquela ocasião, na Rua Santo Antônio, e em uma casa situada na Av. Dr. Augusto de Toledo, quase esquina com a Rua São Paulo, de propriedade da família do nosso Irmão Oscar Ferreira de Paiva Filho, ambas em São Caetano do Sul.

Após muitas reuniões e muito trabalho daqueles abnegados e incansáveis Irmãos, foi elaborada a Ata de fundação, no dia 09 de Maio de 1977.

Segundo o Livro de Atas, estiveram presentes os seguintes Irmãos, muitos exercendo seus respectivos cargos, formando, assim, a primeira Administração , como segue em ordem alfabética:

RELAÇÃO DOS FUNDADORES

Nome Cargo

Agustin Martin Buosi

Antônio Caparroz Guevara

Cláudio Musumeci Hospitaleiro

Dalmo Campoi Chanceler

João Caparroz Ruiz Venerável Mestre

Joaquim Cambaúva Rebello

José Gonçalves Sobrinho Mestre de Cerimônias

Lívio Xella

Mário Del Rey Secretário

Mário Frito 2º Vigilante

Maurício Hoffman 2º Diácono

Naur Ferraz de Mattos Tesoureiro

Oscar Ferreira de Paiva Filho 1º Vigilante

Raimundo da Cunha Leite 1º Diácono

René Crepaldi Orador

Thomaz Idineu Galera Secretário-Adjunto

Vagner Abadio Marins

O nome escolhido pelos Irmãos presentes, naquela reunião de fundação, foi Augusta e Respeitável Loja Simbólica Luz do Oriente, jurisdicionada nesta cidade, e o timbre foi desenhado pelo Irmão Mário Del Rey e aprovado pelos Irmãos. A regularização de nossa Loja aconteceu em 22 de Outubro de 1977, no Templo da Augusta e Respeitável Loja Simbólica Fraternidade de São Bernardo do Campo, situada na Rua Egeu, n° 57.

As primeiras iniciações foram realizadas em 09 de dezembro de 1977 (Leopoldo Francisco Inglez e Luiz Carlos Piacitelli) e em 12 de Maio de 1978 (Edélcio Leme de Almeida e Marco Antonio Sellani), no Templo da Fraternidade de São Bernardo do Campo.

I - A CONSTRUÇÃO TEMPLO:

A princípio, os irmãos reuniram-se, provisoriamente, na residência localizada na Avenida Dr. Augusto de Toledo, n° 891. Depois, passaram a utilizar o Templo da Augusta e Respeitável Loja Simbólica 28 de Julho n° 133, situado na Avenida Presidente Kennedy, n° 2.715.

Como o objetivo de toda Loja Maçônica é realizar seus trabalhos no seu próprio Templo, os Irmãos fundadores começaram a trabalhar junto ao Prefeito Municipal de São Caetano do Sul, objetivando a obtenção de um terreno para a construção do Templo. Os Irmãos foram:

Antônio Caparroz Guevara

João Caparroz Ruiz

Naur Ferraz de Mattos

Naquela ocasião, o Prefeito de São Caetano do Sul era Raimundo da Cunha Leite, que nos cedeu em “comodato”, por 20 anos, este terreno onde hoje estamos. O comodato foi aprovado pela Câmara dos Vereadores, em 21 de Junho de 1979. Posteriormente, em 17 de Dezembro de 1992, na gestão do Prefeito Luiz Olinto Tortorello, o referido comodato foi prorrogado por mais 99 anos, pela Câmara dos Vereadores.

A Pedra Fundamental foi lançada no dia 23 de Setembro de 1979, com a presença de várias autoridades maçônicas, dando início, logo em seguida, à construção física deste Templo, com recursos financeiros provenientes dos próprios bolsos dos poucos Irmãos que faziam parte do quadro de obreiros de nossa Loja. Em abono, pudemos sempre contar com a grande, valiosa e vibrante colaboração das nossas cunhadas, da Fraternidade Feminina, que muito trabalharam nas festas que foram realizadas com o intuito de angariar fundos e ajudar nas nossas conquistas, destacando a maior que era a construção do Templo. Cada Administração teve importante participação neste processo, começando com a Primeira, de nosso Irmão João Caparroz Ruiz; a Segunda, do Irmão Thomaz Idineu Galera; a Terceira, do Irmão Oscar Ferreira de Paiva Filho e, assim, sucessivamente, todos com uma equipe maravilhosa, trabalhando para alcançar todos os objetivos da Loja.

Tão logo a parte inferior, onde está o salão de festa ficou pronta rusticamente, passamos a fazer nossas reuniões naquele local (mais precisamente em 1983, na gestão do Irmão Oscar Ferreira de Paiva Filho), embora precariamente, porque não tínhamos as acomodações adequadas nem mesmo nenhuma simbologia, que se faziam necessárias para as reuniões maçônicas.

As reuniões de iniciação, elevação e exaltação continuavam sendo realizadas no Templo da Loja Maçônica 28 de Julho n° 133.

Depois do término das obras de construção do Templo, faltava a decoração (alegorias) e para que o trabalho de decoração fosse realizado, precisava-se de alguém com experiência. Para tanto, em 1985, o nosso Irmão Octávio de Lima Filho, então Venerável Mestre, foi buscar, em São Bernardo do Campo, para esta tarefa, o nosso Irmão Armando Gasparotto, que nos orientou e acompanhou as obras de ornamentação do Templo e instalação do ar condicionado.

Finalmente, em junho de 1987, foi concluída esta grandiosa obra. A inauguração do Templo aconteceu na primeira reunião da gestão do Irmâo Adolfo de Sousa Leão, em Julho do mesmo ano.

A colocação do carpete e das poltronas ficou a cargo da Administração do nosso Irmão Flávio Senise Sorbo, com a colaboração dos irmãos do quadro, finalizando, assim, o sonho de vermos o Templo definitivamente concluído.

Este Templo foi sagrado no dia 23 de Abril de 1992, na Administração do nosso Irmão Marcos Antônio Cardoso, com a presença do Grão-Mestre Rubens Barbosa de Mattos e sua comitiva, composta de importantes autoridades maçônicas.

Nesta Administração, podemos destacar a ampliação do Salão de Festas com a construção da cozinha e a residência para o caseiro.

A Loja Luz do Oriente teve um aumento crescente no seu quadro de obreiros, destacando-se junto às lojas do ABCDMR, principalmente no que diz respeito à espiritualidade, com isso se fez necessária a fundação de outras lojas, uma simbólica; outras de graus filosóficos e, também, paramaçônicas, para acolher as crianças e adolescentes, pregando os princípios dos ensinamentos maçônicos.

Mais uma vez, aqueles sempre abnegados Irmãos de graus mais elevados e com mais experiência em administração maçônica, sob o comando do nosso Irmão João Caparroz Ruiz, trabalharam junto aos Órgãos competentes para as seguintes Fundações e Instalações:

28/10/1982 Sublime Capítulo Rosa-Cruz Luz do Oriente n° 30.196

22/12/1982 Augusta Loja de Perfeição Luz do Oriente n° 20.228

16/03/1993 Augusta e Respeitável Loja Simbólica Luz do Ocidente n° 2.706

27/08/1994 Capítulo Luz do Oriente nº230 da Ordem De Molay

15/07/2000 Ilustre Conselho Filosófico de Kadosh n° 102

Todos se reunindo no mesmo Templo e, ainda, nas noites em que o Templo se acha desocupado, ocorrem reuniões de mais três lojas, que são:

A.·.R.·.L.·.S.·. Bento Gonçalves n° 3.113 – GOB -Fundação 20/09/1994

A.·.R.·.L.·.S.·. Amaranto n° 371 – GLESP – Fundada em 15/05/1989

A.·.R.·.L.·.S.·. Victor Caetano Dias n° 475 - GLESP – Fundada em 07/04/1996

Como já citamos anteriormente, o prédio do nosso Templo ficou totalmente pronto em 1987, em condições dos Irmãos nele trabalharem. Desde então, o imóvel vem sendo muito utilizado, ocorrendo, no decorrer do tempo, o desgaste natural das coisas. Então, fez-se necessário fazer obras de reforma e conservação, o que coube às administração que se seguiram.

Portanto, além da necessidade de troca e reparos na rede elétrica, hidráulica, alvenaria, telhado e pintura, também foi remodelada a fachada do prédio, sanando as infiltrações de água, trocando o piso do templo, atendendo às novas normas do GOB, consequentemente, proporcionando aos irmãos, durante as reuniões, maior segurança, saúde e conforto.

Anonimamente, abnegados irmãos muito fizeram pela Loja, com enorme dedicação, trabalho e sacrifício.

A Luz do Oriente, procurando acompanhar o desenvolvimento global, em 1998, entrou no mundo da informática e isto graças ao nosso Irmão Nahor Pedroso Filho, ocupando o cargo de 1° Vigilante na Administração do Irmão Reinaldo Luiz Salmazo, lançando o nome da Loja na Internet.

II - CUIDANDO DO PATRIMÔNIO

REFORMA – AMPLIAÇÃO – MODERNIZAÇÃO

Desde 1987, quando houve o término da construção, onde a Luz do Oriente e outras Lojas se reúnem, vinha se fazendo pequenas manutenções para conservação do prédio. Porém, se fazia necessário que uma grande obra de ampliação e modernização fosse realizada aproveitando os espaços livres do terreno, visando dar melhores condições de trabalho saudável aos freqüentadores do referido local. Depois de muitos estudos e reuniões, chegou-se a conclusão do que fazer. Para dar início a tão esperada e necessária ampliação e modernização do imóvel, cada Administração teve sua parcela de colaboração, então vejamos:

Administração 2001/2003: Venerável Mestre Walter Alborghetti Filho


 

No Piso Térreo:

Ampliação de mais 80m² de construção; com 2 sanitários amplos, despensa para acomodar o material da cozinha, sala para guardar os produtos de limpeza e hall espaçoso; colocação de piso, azulejo e pintura.

No Salão de Festas:

Construção de uma parede com 10 metros de largura e altura até o teto, para dar maior sustentação ao piso superior, e separando o acesso ao Templo, sobrando assim, espaço para mais uma sala da secretaria; troca do piso, construção de espaço para bar; melhora da iluminação e pintura.

No Templo: Troca do piso, da cortina e do dossel, atendendo as exigências do GOB; troca do carpete; modernização da iluminação e do som; pintura. Parte Externa:

Substituição do muro de alvenaria da entrada, por grade de ferro; colocação do símbolo da maçonaria em inox com 1 metro de diâmetro e mais o nome distintivo da Loja, tudo isso na parte superior da fachada do prédio; pintura geral.

Administração 2003/2005: Venerável Mestre Márcio Alves de Oliveira

Cozinha:

Troca do piso e azulejos, troca de 2 novas pias para lavar pratos, demolição de 2 sanitários para construção e um novo sanitário, com a colocação de piso e azulejos.

Câmara de Reflexões:

Com o aumento do espaço físico das instalações, foi possível a construção de 3 novas câmaras, substituindo as antigas. Atualmente, pode se considerar como uma das melhores na nossa região.

Administração 2005/2006: Venerável Mestre Humberto de Togni Neto

2ª Fase:

Para dar continuidade a esta nova fase, começou um trabalho difícil de ser executado devido a localização, pois para nivelar o terreno com o piso do salão de festas, foram retiradas 70 caçambas de terra, transportada de uma grande distancia, demorando aproximadamente 3 meses.

Churrasqueira/ Coifa/ Exaustor:

Para terminar definitivamente a reforma da cozinha, instalou-se a churrasqueira e mais a colocação da coifa e do exaustor e o acabamento do teto com gesso.

Administração 2006/2007: Venerável Mestre Paulo Linhares Sobrinho

Piso Superior

Com a construção de 2 novas lages, houve uma ampliação considerável de mais 180m² da área útil do espaço físico, sendo que no piso superior com 130m², construiu-se um sanitário completo; uma sala ampla para secretaria e reuniões; tudo com o teto rebaixado com gesso e colocação do piso em toda extensão e pintura das paredes.

Átrio:

Ampliação de mais 25m² de construção; mudança de local e troca da porta de entrada; troca do piso; teto rebaixado com gesso; troca da iluminação; instalação de 2 ventiladores grandes; abertura na parede, com porta, para dar acesso ao salão de festas; 2 colunas (J e B) transferidas de dentro do Templo.

Templo

Retirada e colocação da nova sanca em gesso; nova pintura da abobada, com toda simbologia; pintura das paredes; substituição e modernização de toda iluminação e sistema de som. Retirada do antigo e colocação de um novo sistema de ar condicionado.

Parte Externa:

Reforma do telhado; fachada inferior do prédio com a colocação de painéis dos símbolos de aprendiz, companheiro e mestre; reforma e troca do piso de entrada, com a devida impermeabilização; rampa de acesso na entrada do prédio, desde a calçada, para atender as novas exigências do código civil. Revitalização e formação de jardim nas laterais da rampa; pintura geral.

III – MOLDANDO HOMENS PARA UMA SOCIEDADE MELHOR

“Aprovação de Candidatos”

A Loja Luz do Oriente, desde o princípio de sua fundação, sempre se preocupou em trazer para seu quadro de obreiros, candidatos que devem possuir princípios que tenham afinidade com os da Maçonaria e se disponham a trabalhar pelo seu aperfeiçoamento sobre as regras da Instituição.

Para melhorar e aperfeiçoar, cada vez mais, este trabalho, em 2003, na Administração do Venerável Mestre Walter Alborghetti Filho, convocou o Irmão Marco Antonio Sellani, a fim de apresentar um trabalho sobre os cuidados que um Mestre Maçom deve ter ao indicar um candidato, que venha a ser um futuro maçom com todas as qualidades necessárias para enaltecer, ainda mais, a Ordem Maçônica.

Para atender esta necessidade, foi elaborado o manual que recebeu o título de “Normas e Orientações ao Mestre Maçom para indicar um candidato à Ordem Maçônica”, cuja finalidade foi dar um rumo mais bem elaborado aos proponentes em indicar um candidato com a certeza mais definida e, também, orientar os sindicantes de como proceder ao entrevistar um candidato, esclarecendo quaisquer dúvidas.

“Instruções Ritualísticas e Sabatinas”

A Loja Luz do Oriente, se preocupa em promover uma cultura maçônica a seus membros.

Para atender as exigências do Regulamento Geral da Federação, os Aprendizes e os Companheiros desenvolvem estudos e são avaliados através da apresentação de trabalhos a cada grau.

IV – VALORIZANDO A CULTURA

Pensando no futuro

Com a ampliação das instalações, tornou-se possível concretizar o sonho dos obreiros da Loja em ver um local apropriado para a biblioteca, pinacoteca e museu.

Biblioteca

Proporcionar melhor exposição e controle das obras literárias que compõe o acervo da Loja, facilitando o acesso dos obreiros interessados em leitura maçônica, aprimorando seus conhecimentos. Registramos que todo material literário é fruto de doação, ao longo desses anos.

Pinacoteca

Graças ao nosso fundador da Loja Luz do Oriente, Irmão Mario Del Rey, que pintou e doou mais de uma dezena de telas de Maçons importantes, será possível dar início e enriquecendo mais o acervo da Loja.

Museu

Uma Loja maçônica com 30 anos de trabalhos ininterruptos, tem muita historia para contar, e nada melhor ter um espaço reservado para expor os troféus aos novos Maçons e proporcionar saudades aos antigos.

Festas

Para arrecadação de fundos pro-construção e manutenção do imóvel, houve durante todos estes anos, muito trabalho dos obreiros e das cunhadas, que além de proporcionar uma aproximação maior entre todos, uniu o útil ao agradável onde destacamos: almoços, churrascos, galinhadas, feijoadas, paella, queijo e vinho e, tradicionais bailes muito concorridos como a dos anos 70, da fantasia, dos personagens, etc.

V – TRABALHO ASSISTENCIAL

“ Outubro Homenagem as crianças “

Por tradição a Loja Luz do Oriente, há vários anos, na Semana da Criança em Outubro, vem efetuando encontros com meninos e meninas de Orfanatos da nossa região, que são trazidos de ônibus até nosso salão de festas, proporcionando a toda criançada atividades variadas, com brinquedos apropriados de acordo com a idade, apresentação de palhaços e mágicos, farta distribuição de brinquedos (doados por empresas) e muita música alegrando os presentes, tudo regado a guloseimas, sucos e refrigerantes. A festa é acompanhada e dirigida por monitores treinados e especializados. Contando também, com a demonstração da Policia Militar e seus cães adestrados, e os Bombeiros exibindo seus carros de trabalho. Toda a organização da festa fica a cargo dos Aprendizes e Companheiros do quadro da Loja.

“Ação Beneficente”

Mensalmente os Obreiros da Luz do Oriente, colaboram financeiramente com a Creche Oswaldo Cruz, entidade presidida por Maçom em parceria com a Prefeitura Municipal de São Caetano do Sul. Além de contribuir com outras Associações de cunho assistencial.

VI - CURIOSIDADE

A primeira bíblia que fez parte integrante dos trabalhos da Loja Luz do Oriente, por muitos anos, foi doada pelo, já falecido, Padre Olavo Paes de Barros, da Ingreja Católica Apostólica Romana. Lembramos que a referida bíblia esta em boas condições de conservação e guardada para ser exposta no espaço do futuro Museu da Loja.

“DATAS MARCANTES DA LOJA LUZ DO ORIENTE”

09/05/0977

Fundação

22/10/1977

Regularização

09/12/1977

1ª Iniciação (Leopoldo Francisco Inglez e Luiz Carlos Piacitell

12/05/1978

2ª Iniciação (Edelcio Leme de Almeida e Marco Antonio Sellani) 23/09/1979

Lançamento da Pedra Fundamental

28/10/1982

Fundação do Sublime Capítulo Rosa – Cruz Luz do Oriente nº 30.196 22/12/1982

sta Loja de Perfeição Luz do Oriente nº 202

21/10/1983

Inicio dos trabalhos maçônicos no salão de festas

1985/ 1986

Ornamentação simbólica do Templo e instalação do ar condicionado

1987

Concluída a obra do Templo

23/04/1992

Sagração do Templo

27/08/1994

Fundação e Instalação do Capítulo Luz do Oriente nº 230 da Ordem DeMolay

1998

Implantação da Informática

15/07/2000

Fundação do Ilustre Conselho Filosófico de Kadosch nº 102

17/05/2001

Consagração do Estandarte

02/05/2002

“Medalha de Vermeil” (25 anos de fundação) Supremo Conselho do Brasil

09/05/2002

Festa de comemoração ao “Jubileu de Prata”

16/03/2003

Fundação e Instalação da Ordem dos Escudeiros da Távola Redonda Luz do Oriente nº 2 24/04/2003

Lançamento do livreto = “Normas e Orientações ao Mestre Maçom para indicar um candidato à Ordem”

28/04/2005

Aprovado o Estatuto

03/11/2005

Aprovado o Regimento Interno

2006

Ampliação e Modernização do Imóvel

21/03/2007

Titulo “Benfeitora da Ordem” (30 anos de fundação) GOB

10/05/2007

Festa de comemoração aos 30 anos de fundação “Jubileu de Perola”

“NO TEMPLO DA LUZ DO ORIENTE, FAZ-SE REUNIÕES TODOS OS DIAS”

a) LOJAS

2ª Feira = A.·.R.·.L.·.S.·. Amaranto nº 371 (GLESP) Semanal

3ª Feira = A.·.R.·.L.·.S.·. Luz do Ocidente nº2706 (GOB) - Quinzenal (1ª e 3ª)

3ª Feira = A.·.R.·.L.·.S.·. Bento Gonçalves nº 3113 (GOB) – Quinzenal (2ª e 4ª)

4ª Feira = A.·.R.·.L.·.S.·. Sir Arthur Conan Doyle nº 3550 (GOB) – Loja de Pesquisa – Mensal – (1ª)

4ª Feira = A.·.L.·. de Perfeição Luz do Oriente nº20.228 (Sup. Cons.) – Mensal (2ª)

4ª Feira = Sublime Capítulo Rosa Cruz Luz do Oriente nº30.196 (Sup.Cons.) – Bimensal – meses impares

–(última 4ª feira)

4ª Feira = Ilustre Conselho Filosófico de Kadosh nº 102 (Sup. Cons.) – Bimensal – meses pares

(terceira 4ª feira)

5ª Feira = A.·.R.·.B.·.L.·.S.·.Luz do Oriente nº 2140 (GOB) Semanal

6ª Feira = A.·. R.·.L.·.S.·.Victor Caetano Dias nº475 (GLESP)Semanal

Sábado = A.·.R.·.L.·.S.·. Fraternidade Universitária Luz do Oriente nº3559 (GOB) Mensal – período da manhã (2º sábado)

b) PARAMAÇÔNICAS

Sábado = Capítulo Luz do Oriente nº 230 da Ordem DeMolay (GOB) Semanal – período da tarde

Sábado = Ordem dos Escudeiros da Távola Redonda Luz do Oriente nº 2 (GOB) Mensal – período da manhã.

 

Informações adicionais

  • Nome da Loja: ARLS Luz do Oriente
  • Potência: GOSP-GOB
  • Número: 2140
  • Cidade: Santo André
  • Endereço:

    Avenida Tietê, 299 

  • Rito Adotado: Rito Escocês Antigo e Aceito
  • Data de Fundação: Terça, 05 Fevereiro 2013
  • Horário da Reunião da Loja: 20h
  • Dia da Semana da Reunião: Todas as Quintas Feira do M~es
Ler 4812 vezes
 

Blog Coligação

 

Recentes

Loja em Destaque

 

Mais Acessados

   
Você está aqui: Lojas Lojas Cadastradas São Caetano do Sul ARLS Luz do Oriente

Coligação Maçônica

Propugnar ,por todos os meios, para a grandeza da Ordem Maçônica. Divulgar pelos meios permitidos nos regulamentos...

Saiba mais

Contato Direto

Presidente 2016-2018
Adolfo Gazabin

Administrador do Portal
Contate-nos

Secretarias da Coligação
Mensagens